Pular para o conteúdo principal

Bryan Cranston: "Como se Aposentar Após Vencer o Super Bowl"


Bryan Cranston respondeu algumas perguntas aos membros da rede social Reddit na noite de ontem (18/06) e nós separamos algumas das principais respostas.

Sobre sua despedida de Walter White. 

"De certa forma eu estou triste em vê-lo ir, mas por outro lado estou muito orgulhoso dele. Para mim é como se aposentar depois de vencer o Super Bowl".

Sobre o monólogo de Samuel Jackson

"Eu vi o monólogo de Sammy e eu vou fazer meu próprio monólogo, em algum momento, para ajudar com pesquisa e encontrar a cura da doença de Alzheimer. Eu simpatizo com a causa porque a minha mãe também tinha mal de Alzheimer e é uma doença horrível, e ele encontrou uma maneira muito interessante para chamar a atenção para isso."

Sobre o momento em que Walter se tornou sombrio.

"Foi muito sutil, mas foi quando ele decidiu se tornar alguém que ele não é, financeiramente, e todo o resto foi ladeira abaixo. Eu descobri que todo mundo tem um lado sombrio. Pode estar inexplorado, mas se os botões certos são empurrados, qualquer pessoa pode se tornar perigosa e eu só abriu meu lado para ele."

Sobre o fato mais inspirador que lhe aconteceu.

Bem, a primeira coisa que vem à mente é o nascimento do meu filho. Se nada te inspira a ser uma pessoa melhor do que ser um pai, eu não sei o que inspiraria. 

Sobre o fim de Breaking Bad

Breaking Bad terminou como Vince Gilligan queria e como eu exatamente queria.

Sobre seu colega Aaron Paul

Ele é um grande ator, mas uma pessoa ainda melhor. Foi uma das coisas mais tristes perceber que estava chegando ao fim.

Sobre a planejada morte de Jesse Pinkman na primeira temporada

Jesse não deveria sobreviver após o primeiro ano. Ele era um personagem que foi preciso para me apresentar a esse mundo e, em seguida, ele iria morrer. Mas Aaron Paul capturou algo que era tão necessário para o desenvolvimento do show que seríamos acéfalos em não mantê-lo. Eles sabiam que em traços largos onde o personagem estava indo, mas eles continuaram a redefinição após cada temporada.

Sobre o que seria caso não fosse ator.

Eu não sei. Mas eu pensei em ser um policial quando eu era mais jovem. Eu estava muito perto de se tornar um também, mas na faculdade eu tirei algumas aulas de teatro e eu achei que as meninas eram muito mais bonitas do que em ciências policiais.