Anna Gunn é Capa da Revista "More" de Março


Anna Gunn é capa e recheio da revista feminina americana "More", em sua edição de março, onde fala sobre algumas curiosidades de sua participação em Breaking Bad, seu novo trabalho, além de sua vida após o fim da série.

Na edição, que chegou às bancas ontem (25 de fevereiro), Gunn, 45, fala sobre a vida pós-Breaking Bad, o preço da fama e sobre seu próximo papel: uma policial investigando o assassinato de um jovem em "Gracepoint", adaptação da Fox para a série britânica "Broadchurch", com previsão de estreia para o segundo semestre de 2014.

A atriz mora em Los Angeles, está divorciada do agente imobiliário Alastair Duncan, é mãe de Emma, ​​13, e Eila, 7. Vai co-estrelar a série "Gracepoint" ao lado de David Tennant - que também atuou na série original, "Broadchurch".

Gunn diz pesquisou sobre o seu papel na série "Gracepoint" e passou um tempo com Ally Jacobs, uma policial aposentada que ajudou a desvendar o caso "Jaycee Dugard", um sequestro onde a garota foi encontrada após 7 anos. "Ela me contou que você tem que prestar atenção em como ser uma policial", diz Gunn. "Os seus gestos, os detalhes mais minuciosos, enfim".

"Eu amo esta parte", diz ela. "Eu tenho um bloco de notas e o levo comigo para todos os lugares. 

Gunn diz que aprendeu a lidar com a fama com o seu papel em "Breaking Bad".

"Quando eu tinha os meus vinte, trinta anos, eu passei tanto tempo me preocupando com o próximo trabalho, com a próxima revisão, com o próximo blog", diz ela. "Isso realmente foi um tempo perdido. Eu não parei de me preocupar, mas agora eu tenho a capacidade de dizer: 'Eu vou aproveitar o tempo que tenho de trabalho, o tempo que tenho com os meus filhos, minha família e meus amigos.

A atriz revela como conseguiu o trabalho de Skyler em Breaking Bad. Anna Gunn quase não fez a audição para a série. Ela tinha acabado de ganhar o seu segundo filho e pegou um forte resfriado, que a levou a cancelar várias reuniões com diretor de elenco Sharon Bialy. Quando Bialy finalmente conseguiu encontrá-la, Gunn lembra: "Eu disse: 'Eu estou exausta, eu sou uma nova mãe de novo, eu estou sobrecarregada'." 
"Tome uma equinácea (remédio) e leia o roteiro", respondeu Bialy. "Você não vai se arrepender."

Gunn leu o roteiro do piloto da série e disse: "Foi um dos melhores roteiros que eu já li. Eu liguei para Sharon de volta e disse: 'Eu estarei aí amanhã'", conclui.

Publicidade:

Tecnologia do Blogger.