Pular para o conteúdo principal

Breaking Bad, Record, Netflix e Silvio Santos


Esse quarteto tem dado o que falar em 2014. Após Breaking Bad ter ganhado grande destaque na TV aberta brasileira, algumas alfinetadas entre emissoras foram testemunhadas por internautas e telespectadores. Acontece que a "brincadeira" pode ser discutida judicialmente.

As alfinetas começaram com a Record, quando usou o slogan do Big Brother para promover a exibição de Breaking Bad na emissora, pois a estreia de ambos programas foi no mesmo dia. O fato não trouxe consequências e resposta alguma.

Foi quando a Netflix resolveu entrar na "brincadeira", quando alfinetou o twitter da Rede Record, respondendo ao infame "poema" que a rede social da emissora publicara em seu twitter:


Mas a história não parou por aí, principalmente porque um novo personagem foi inserido: Silvio Santos.

Em recente entrevista à Veja de São Paulo, o dono do Baú disse que adora a Netflix e suas séries. Silvio citou as séries "Orange Is The New Black", "House of Cards" e "Breaking Bad", dizendo:

"Adoro o Netflix. Vi recentemente 54 capítulos de Breaking Bad, além de todos os de House of Cards e Orange Is the New Black".

A declaração fez com que a Record promovesse um cartaz de divulgação, publicado na edição 1596 de Meio & Mensagem, incentivando seus telespectadores a fazer o mesmo que Silvio Santos, assistir Breaking Bad. No mesmo dia, o Netflix alfinetou a emissora com um cartaz parecido divulgado em seu twitter, mas nas cores do serviço, alterando apenas os dizeres finais: "Faça como o Silvio Santos, assine a Netflix".


Foi então que a Record, acostumada a alfinetar outras emissoras de forma "bem humorada", informou, através de sua assessoria de imprensa que estuda a possibilidade de processar o Netflix, pois considera o cartaz do serviço um plágio publicitário.

Aguarde cenas dos próximos capítulos.

Publicidade:
 

Atualização 16/02: 

O SBT cutuca a briga entre Record e Netflix:

"Enquanto Record e Netflix brigam por causa de entrevista do Silvio Santos, ele faz o que mais gosta: aumenta a audiência do SBT"