Better Call Saul: "Hero" 1x04 [Review]


E a lagarta começa a virar borboleta, de forma "quase honesta".


Ele até tenta, mas não consegue. Jimmy segue sua caminhada rumo à honestidade, mas esbarra com a dura realidade que assola sua carreira: um advogado feito pra perder, feito pra defender o indefensável, e isso foi jogado duramente em sua cara nesse episódio, e por criminosos, que preferiram cometer mais um crime, suborno, do que ter Jimmy como seu advogado.

Jimmy demostra ser inteligentíssimo, principalmente para planejar falcatruas. Ele tenta ate mesmo enganar sua consciência, tenta "justificar" o dinheiro recebido de suborno, "enganando" a si mesmo, pois sua consciência trata de cobrá-lo instantaneamente, porém a cobrança maior virá através de seu irmão Chuck, que o conhece como ninguém.

O primeiro trambique feito por Jimmy, visto no passado desse episódio, veio para demostrar que Jimmy seguia uma "carreira" de trambiques e provavelmente teria parado por causa de seu irmão Chuck, mas ainda luta pra largar os trambiques, viver na honestidade, e não está conseguindo

Chuck, e sua hipersensibilidade por magnetismo, faz com que negligenciemos sua inteligência, mas o personagem já demostrou ser perspicaz no passado, e no presente. Apesar de problemas de saúde (ou muita viagem, sei lá), Chuck sabe ler muito bem e interpretar melhor ainda as atitudes de seu irmão. Correu "risco de morte" e desmascarou Jimmy, e agora deverá cobrá-lo com veemência por sua atitude, pois aparentemente a honestidade para Chuck é tudo.


Por falar em passado, mais uma vez o episódio inicia-se com um flashback. A série já é exibida no passado, seis anos antes de Saul conhecer Walter, mas ainda sim acompanhamos afundo a história de Jimmy, e descobrimos que ele já usava o nome "Saul" a bastante tempo. "Jimmy" seria seu nome, de batismo, e "Saul" seria seu nome de guerra, seu nome de "trambiqueiro", e mais uma vez seus trambiques engaram muitos dos telespectadores. 

A jogada do "Rolex" e principalmente, o falso "desmontador de Outdoor", foram trambiques que só descobri mesmo depois da revelação, trazendo aquela sensação gostosa de "esse cara é f#$#@".

Um dinheiro que veio em boa hora, Jimmy começa a por suas "asinhas de fora", consegue clientes, finalmente, mas tudo isso fruto da desonestidade, infelizmente, e contrariamente o que buscava. Mas está ali, não conseguirá viver como um cidadão comum, o trambique está em seu sangue, nós já sabemos, Jimmy que ainda não sabe, porém Saul Goodman está pouco a pouco tomando posse desse corpo "honesto".


"Hero", o nome do episódio, Jimmy, o herói do momento. Ele não busca sucesso para se sustentar financeiramente, está imbuído em lutar contra o "Golias" da advocacia, e mesmo sabendo disso, não tem medo, não foge da luta, mesmo com grande desvantagem. Essa atitude, aliado ao seus trambiques, carisma do personagem, enfim, tem feito de Better Call Saul uma série gostosa de acompanhar, não traz aquela tensão típica de Breaking Bad, mas traz agradáveis 50 minutos semanais.

Mike de volta à guarita... =(

Tecnologia do Blogger.