Better Call Saul "Coushata" 4x08 [Review]


Mais uma vez os produtores jogando na nossa cara que a série é sobre "transformação", não só do personagem principal mas de todos. Kim, bem vinda (ou não) ou mundo da obscuridade.

E achando que Kim não iria para o lado dos trambiques de Jimmy. Tudo tendia para a separação do casal, não estavam sintonizados. E essa separação deverá acontecer, mais cedo ou mais tarde, pois Kim não é mencionada em Breaking Bad. Parece que essa separação irá ocorrer de uma forma ainda mais dolorosa, porque Jimmy, de uma forma ou outra, será responsável, pois arriscou tudo e todos por um vagabundo.

E mais uma vez acompanhamos as ações de Jimmy que traz sentimentos ambíguos. Por um lado, apreciamos a perspicácia de Jimmy em armar um plano perfeito, que não derrubou a carreira do policial como ele queria, mas resolveu o problema de Huell. Essa vitória sem derramar sangue tem e muito o dedo de Kim.

É o que Jimmy sempre queria: um parceiro para seus trambiques, como seu amigo Marcos, que vimos no início da série. Jimmy não quer apenas dividir o escritório com Kim, ele quer dividir tudo, ainda mais agora que ela acabou se debandando para seu lado. Ela gostou, ela fez porque queria. Parafraseando Walter White.


Por outro lado, eles fizeram justiça com as próprias mão, confere? A promotora pegou pesado mesmo, com Kim disse. Ela queria mostrar serviço, sei lá, queria uma pena acima do normal. Por isso muitos adoraram o plano dos dois e que deu certo, mas nunca podemos esquecer que eles agiram completamente fora da lei. Kim quer continuar, não se contenta com sua bem sucedida carreira, sua atual situação de trabalho. Ela gosta demais desse Jimmy.

O episódio foi divido em três partes. O núcleo dos Salamancas voltaram à série, agora, com novo integrante da família. Tio Lalo, agora, chegou chegando, tomando conta do negócio da família e empurrando Nacho para o canto. Claro que ele não vai deixar barato, como vimos na última cena do episódio. Sangue irá rolar, podem certeza. Nacho está bem mais Crazy do que antes, palavra que uso como deixa para lembrar que Crazy-8, mais uma vez, reaparece na série.


Enquanto isso Mike segue de babá para os alemães rebeldes. A paciência está em extremo-limite. Mike está bufando por dentro, tentando segurar Gus, mas ambos estão prestes a explodir. Acidente na obra e demora para a entrega do serviço, justificaram uma noite de prazer para os trabalhadores, mas essa noite quase pois tudo a perder, pois a negligência dos alemães quase acenderam o pavio do barril de pólvora de Mike e Gus. Esse é outro plot da temporada que deverá explodir.

O clima está tenso, a todo instante esperamos que algo tenebroso aconteça. A coisa pode ficar feia com os alemães; sangue deverá ser derramando com os Salamancas; Kim deverá sofrer devido a suas atitudes provocadas por Jimmy. Aquele sentimento que tudo irá explodir a qualquer hora está cada vez maior e mais perto de acontecer.

Faltando apenas dois episódios, a temporada não tem mais espaço livre na trama, que deverá ter uma definição a partir do próximo episódio. Jimmy já deverá voltar a advogar com o fim de sua punição e agora terá a ajuda de Kim. Saul Goodman vai estar, definitivamente, da forma que o conhecemos em Breaking Bad, basta saber onde Kim vai estar nesse momento.

Episódio maravilhoso. Huell, nosso herói.

2 comentários:

  1. A pergunta: será mesmo que Kim vai realmente sair da vida do Jimmy, de maneira trágica ou por razões próprias, ou ao contrário do que pensamos não só continuará com ele até a época de Breaking Bad, como ainda será ela que fará com que nasça o Saul Goodman, literalmente sendo o cabeça por tras de tudo do negócio e por isso nunca mencionada para nunca ser descoberta?


    No mais tudo pode ocorrer na construção de Mike e Gus, ainda mais se o cara continuar bebendo tudo e sair falando tudo, cerveja pior que soro da verdade!


    E Nacho já mudou muito, ta quase no mesmo nível de Heiserberg e Tuco ... Interessante saber que o cozinheiro é o tal de Lalo, vai ficar feia a coisa também!

    ResponderExcluir
  2. Eu adoraria que a série chegasse a se passar até mesmo durante Breaking Bad, já que os eventos da vida do Jimmy não eram tão apresentados na série.

    Com o Crazy-8 sendo amigo do Jesse, e o mesmo já conhecendo o Saul em Breaking Bad, eu realmente espero que haja uma boa aparição dele.

    Eu adoraria ver também, mesmo que brevemente, o Hank aparecendo nas delegacias da vida e conhecendo o Saul, seria até mesmo cômico.

    O Nacho é um personagem excelente! Tomara que ele se desenvolva ainda mais na série.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!

Tecnologia do Blogger.