Pular para o conteúdo principal

"Box Cutter" 4x01


OMG!

398 dias. Uma espera agoniante e porque não, aterrorizante. Breaking Bad deixa-nos com um cliffhanger mais do que doloroso, fazendo-nos aclamar por um episódio inédito. Pois bem, chegou o dia. "Box Cutter" abriu a 4ª temporada já nos assustando, mas o que o que chocou mesmo, foi o desenrolar do episódio.

Logo no primeiro segundo do episódio veio o espanto. WHAT? Que diabos Gale está fazendo vivo? Mas tudo não passou de apenas um flashback, pois logo após vimos que Jesse realmente meteu uma bala na cabeça do "concorrente" de Walter, salvando a vida de seu parceiro. O flashback não foi em vão. A cena disse muita coisa, não só nos apresentando o estilete da morte, mas principalmente, destacando o objetivo de Gus, quanto àquele laboratório. Parece que a princípio escolheria apenas Gale para ser o seu "cozinheiro", mas apenas o manipulou para que pensasse que a ideia de trazer o "sintetizador 99%" era dele.


Que tensão absurda. Não sei vocês, mas sempre acompanho spoilers, sabia que haveria uma morte chocante e passei o episódio todo imaginando: "Quem será, quem será...". Torcia para que não fosse alguém importante, mas pra ser chocante, tinha que ser.

Pronto. "Agora ferrou tudo", pensou Walter. Descobriram a minha receita. Walter tentou (como sempre) argumentar, expor seu lado otimista, mas no fundo ele estava cagando de medo (desculpe o termo). Notaram que mais uma vez ele tentou justificar o seu crime? Essa é a tônica da série. Walter sempre tentando consertar, mas por outro lado, estragando ainda mais.

Então o enigmático Gus entra sem dizer nenhuma palavra, com aquele jeito lento, frio e calculista, rasga o pescoço de seu "fiel" escudeiro e manda ele "cantar pra subir". Uma cena forte e inesperada, e que disse tudo, mesmo sem nenhuma palavra. Impressionante foi a cara de Mike. Até ele, o "bad man" da série ficou surpreso. Gostava do personagem Victor. Não precisava dizer quase nada e impunha respeito e medo. Sua morte causou terror para Walter e Jesse. Sabem que não poderão pisar em falso de forma alguma caso quiserem continuar vivos, mas o principal sentimento não é esse. Suas vidas estão correndo perigo, mesmo andando piamente.


No final do episódio começamos a ter uma noção de como se desenvolverá a 4ª temporada. Walter e Jesse correrão risco o tempo todo trabalhando para o imprevisível Gus, mas parece que a polícia cairá em cima deles, após Jesse deixar uma pilha de pistas na casa de Gale, sem falar nas temíveis anotações do ex-cozinheiro.

E por falar em polícia, triste e lamentável vida de Hank. Ainda estou curioso pra saber o desenvolvimento de sua trama nessa temporada ao lado de Marie.

E Skyler? Já demonstra afeição por Walter. Tudo leva a crer que se entenderão novamente, principalmente com a "parceria" já eminente.

Não dá pra deixar de falar em Saul Goodman. O salafrário está morrendo de medo de Mike. Guarda costa, viagem para o exterior,... Será que foi a última vez que vemos nosso advogado preferido? Espero que não. Definitivamente não.

Breaking Bad não poderia ter voltado melhor. Opinem nos comentários!