Pular para o conteúdo principal

Entrevista: Bryan Cranston fala sobre o fim de Breaking Bad



Durante as gravações do remake de "O Vingador do Futuro" ("Total Recall"), Bryan Cranston deu uma pequena entrevista para o site Collider, onde falou sobre o futuro de "Breaking Bad" e o que estava achando das declarações de Vince Gilligan, criador da série, que gostaria que a quinta temporada da série, fosse a última. Dados os problemas recentes entre as séries do AMC, os fãs estão esperando ansiosos o resultado das negociações.

O que você está achando de toda essa questão do AMC e a possibilidade da próxima temporada de "Breaking Bad" ser a última?

Vince Gilligan e eu conversamos sobre isso. Quando começamos, concordamos que "Breaking Bad" deveria durar apenas o tempo necessário para contar a história, mas é um comentário subjetivo. Quanto, quando é demais? Você sabe o que eu quero dizer. Eu realmente não sei o que Vince diz, depende de quando você perguntar. Ele está no cargo mais alto, não teve descanso em um ano e meio, e é diferente se você perguntá-lo caso estivesse voltando de férias. De qualquer forma, preferiria terminar um ano mais cedo do que um ano mais tarde. Eu não quero ver o nome da série em todos os lugares acompanhada do comentário "Cinco anos bons e medíocres." Eu não quero ver as pessoas dizendo "que no ano passado, como ...". Eles falaram dessa forma de "The X-Files". Existem muitas pessoas que dizem "A maior parte foi boa, mas ...". Saber quando parar é fundamental.

No entanto, ainda é um negócio. Nós devemos ser bons colegas de trabalho para a Sony TV e para o AMC, por isso, se nós apoiá-los e negociarmos uma data final satisfatória, tenho certeza que Vince vai aceitar bem, e se a Sony for bem sucedida, todos nós sairemos felizes. A melhor coisa que poderia acontecer seria Vincent definir a data exata para o término da série, pois assim, poderia escrevê-la já pensando nesse momento. Não quero terminar a temporada e a emissora diz: "Bem, queremos mais" e que "Não, nós não estamos satisfeitos, a história não acabou." Se são 16, 24 episódios ... Se for para ter duas temporadas, ótimo. Eu acho que nós poderíamos fazer dois anos de 13 episódios cada. Acho que podemos fazê-lo sem diminuir ou mudar o ritmo, que não é o estilo da série. Mas quando acabar, acabou. Walt não vai acordar e descobrir que ele não tinha câncer, e que os médicos se equivocaram (risos).