Bryan Cranston fala seu personagem no remake de "O Vingador do Futuro"



Bryan Cranston fala de Cohaagen, seu personagem no remake de "O Vingador do Futuro" (Total Recall) e a responsabilidade de substituir o ator Ronny Cox como o icônico vilão.

Na nova versão, Cohaagen e Quaid mantêm uma relação de mentor e aprendiz (ao contrário do original, em que a parceria é apenas sugerida). 

"Eu não tinha interesse em fazer um daqueles vilões que batem com o punho na mesa e gritam 'matem-no!'. Eu que eu sugeri ao [diretor] Len Wiseman é que ele [Quaid] fosse como um filho para mim. Amo o garoto, ele foi meu soldado mais leal. Juntos faríamos grande conquistas, coisas importante, teríamos um legado. Como ele se rebela, eu respondo com uma forma dura de amor, como se faria com um filho que sai da linha", diz.

"Quando eu devolver a memória pra ele, [creio que] nós voltaremos a ser parceiros e tudo ficará bem. Até lá, preciso contê-lo, colocá-lo no lugar dele e pretegê-lo para que ele não seja morto. Não quero ele morto. Essa é a reviravolta que me interessou, humaniza a coisa e permite que você entenda a situação", emenda Cranston.

Postar um comentário
Tecnologia do Blogger.