Pular para o conteúdo principal

Entrevista: Giancarlo Esposito fala sobre o temível Gus




Em entrevista exclusiva ao AMC Blogs, Giancarlo Esposito, o mestre do crime Gustavo Fring de Breaking Bad, fala como fazer o seu próprio dublê, fritar frango frito no cenário e como consegue aquele olhar morto de assassino frio e calculista.

(Cuidado! Spoilers para quem ainda não assistiu o episódio 4x10).

Fale um pouco sobre o episódio 10, onde Gus na mansão de Don Eladio envenena todos, incluindo a ele próprio. Foi filmado no México?

Não, foi filmado em Albuquerque, nos morros, mas parece México. Era uma casa bonita, como viram no episódio.

Você vomitou naquele banheiro?

Sim, eu realmente estava vomitando no banheiro. Eu quase fiquei doente pondo meu dedo na minha garganta, mas eu tinha que fazer isso de uma maneira muito calma, da forma que Gus costuma fazer.

Há uma cena no episódio anterior a esse, onde Gus sai na linha de fogo e vimos que não era um dublê. Como foi essa cena?

Bem, eu amei esse momento, porque os atores gostam de ser o herói, uma vez ou outra. E isso foi tudo para mim e sem dublê. Entrei na bala. Aquilo eram pequenos explosivos que colocaram no chão, mas foram bem fortes na verdade. Eu tinha uma linha para andar, porém alguns resíduos de terra caíam em meus olhos e no meu óculos, mas o Gustavo de verdade não vacilou.


Você já se sentiu o Gus, fora do set de gravação?

Eu estava andando em Nova York indo encontrar um amigo no outro dia e comecei a rir de mim porque percebi que a minha postura estava completamente igual a do Gus. Eu disse a mim mesmo: "Quem é este agora? Gus assumiu meu espírito completamente?!" [Risos] Eu deixei meu cabelo crescer um pouco para eu deixar de me confundir com Gus e esquecer dele por um tempo. [rs]

Conte-me um pouco sobre o Pollos Hermanos. É um restaurante de verdade?

É uma Twisters em Albuquerque fora do Rio Grande Boulevard que está aberto quando não estamos lá. Twisters é uma articulação de frango grande, e nós fritamos o frango lá dentro, e eu ainda faço minhas receitas favoritas atrás da fritadeira. Eu amo estar lá, porque eu adoro o cheiro de frango frito de lá.

Você falou na temporada passada que o yoga é uma grande parte da sua rotina diária. Você tem um ritual ou qualquer coisa que você faz, especificamente antes de entrar no set de filmagens?

O que eu faço agora é sentar e respirar por cinco minutos. Eu fecho meus olhos, olho para a ponta do meu nariz e ouço a minha respiração. Fico realmente tão relaxado que fico sem ação. E isso foi uma coisa fundamental para o meu desenvolvimento com Gus.

O que é preciso para ser um ator que pode atuar tanto cortando gargantas como alguém da Vila Sésamo ?

Eu acho que é preciso estar desperto e presente. Para você ser um ator de personagem, tem que estar aberto, como se fosse um camaleão. Eu não gostaria de fazer um personagem próximo, e eu não gosto de ver filmes ou televisão quando estou trabalhando em um personagem ou ativamente nele. Eu quero ser original e tentar não me repetir.