Easter Eggs e Curiosidades: "Gliding Over All" 5x08 [Mid Season Finale]


Hello bitches!

Como tradicionalmente acontece aqui no blog, vamos fechar a cobertura do episódio da semana com os easter eggs e curiosidades referentes a ele. No caso, "Gliding Over All", oitavo episódio da 5ª e última temporada, não é só o episódio da semana, mas o último do ano de Breaking Bad, que só volta com episódios inéditos em julho de 2013.

Vamos começar com algumas referências a episódios anteriores:

- A mosca voltou, mas não encontrou o Walter que conhecia, se não... Referência direta a um dos melhores episódios da série, exibido na 3ª temporada. O famoso "Fly".


- Vince Glligan já deu entrevistas dizendo que adora revisitar momentos anteriores da série e nesse episódio, ele esbanjou. Além da mosca, houveram outros diversos momentos que assemelhamos. Destaque para o quadro visto por Walter na reunião dos criminosos. É o mesmo visto no 3º episódio da 2ª temporada, no hospital onde Walter esteve internado. Detalhe que aquele estava em bem melhor estado do que vimos nesse episódio, é claro, o ambiente favorecia.


- Mais uma vez vimos a Ricina, porém, mais uma vez, não vimos ela em ação. Acho que todos querem vê-la em ação, ou estou enganado? Walter não pretendia matar 10 pessoas e sim, 11. Lydia se safou devido a uma proposta irrecusável feita a ele. O plano dele era de, após recebesse o nome dos 9 "elementos", envenená-la com a Ricina, dando um jeito de inseri-la em seu alimento. Mas sabemos que ali tem coisa. Essa Ricina vai ser usada, podem esperar.


Especulação:

Walter vai ao hospital realizar novo exame para saber o estado atual de seu câncer. Vimos no flashforward de "Live Free or Die", uma tosse estranha. Presumi-se que o câncer voltou?


Eu sigo com uma teoria que o câncer de Walter não vai voltar a ser problema para ele, e devido a esse olhar de: "Você já era, não me pega mais", continuo acreditando nisso, apesar de o contrário ser mais explicito.

Curiosidades:

 - O nome do episódio ("Gliding Over All") é também o nome de um dos poemas de Walt Whitman: "GLIDING o'er all, through all, Through Nature, Time, and Space, As a ship on the waters advancing, The voyage of the soul--not life alone, Death, many deaths I'll sing."

 - Este é o segundo episódio a contar com um salto temporal. No final da segunda temporada, o episódio "ABQ" apresenta um salto de semanas, após a cirurgia de Walt.

Erro de continuidade? 

 - Num certo momento, o tio de Todd refere-se ao plano de matar aos 10 comparsas de Mike nas penitenciárias como sendo mais difícil executar do que o ataque que matou Osama Bin Laden. "Matar o Bin Laden não foi tão complicado". No entanto, Bin Laden foi morto em 2 de maio de 2011, e, presumivelmente, esse episódio passa em meados de 2009, pois, desde o episódio piloto da série até o episódio em questão, passou em torno de 14, 15 meses.


- O livro de Walt escrito por Walt Whitman de nome "Leaves of Grass", presenteado por Gale, refere-se à 150ª edição de  aniversário das 1.855 Folhas de Relva , que, estranhamente, não incluem o poema favorito de Gale, recitado em "Sunset", 6º episódio da 3ª temporada. Esse, logo abaixo:
Quando ouvi o sábio astrônomo;
Quando as provas, as figuras, foram ajeitadas em colunas perante a mim;
Quando me mostraram os gráficos e diagramas, para somar, dividir e medi-los.
Quando eu, sentado, ouvi o astrônomo, onde ele dizia com muitos aplausos na sala de palestras;
Tão cedo, inexplicavelmente, fiquei cheio e cansado;
Até me levantar e sair dali, eu vaguei sozinho, no ar místico e úmido da noite, e de tempos em tempos, olhava para cima em completo silêncio, para as estrelas."
Músicas em destaques:

Nesse episódio, as músicas não só destacaram momentos importantes, como serviram de trilha para momentos mágicos na série. Sendo assim, vale a pena rever a cena musical que embalou, primeiramente, um momento sanguinário e depois, um salto temporal com belíssimas transições de imagens.

"Pick Yourself Up" de Nat King Cole, foi a música que ilustrou os 10 "espetaculares" assassinatos sincronizados.

        

"Crystal Blue Persuasion" de Tommy James and The Shondells, foi responsável abrilhantar ainda mais, o salto temporal, como disse acima, recheado com belíssimas transições de imagens.


A letra dessa música é uma referência óbvia à metanfetamina, tingida de azul, mas, o compositor Tommy James afirmou que o "cristal azul" refere-se ao lago de cristal do Livro de Apocalipse e "persuasão", escrito em 1969.

Por hoje é só. Nos vemos ano que vem com mais easter eggs e curiosidades dos episódios. Espero que tenham gostado dessa nossa nova coluna.
Tecnologia do Blogger.