Pular para o conteúdo principal

Easter Eggs e Curiosidades: "Rabid Dog" 5x12

Cuidado! Cão raivoso! Não ultrapasse a cerca caso ainda não assistiu "Rabid Dog", 12º episódio da última temporada de Breaking Bad! Vamos àqueles detalhes que enriqueceram o episódio e que passaram (ou não) desapercebidos no momento em que assistiram.

— "Rabid Dog" - Cão Raivoso: 

O título refere-se à cena em que Saul implica Jesse como um cão raivoso que precisa ser sacrificado, em referência ao filme "Old Yeller" de 1957. Mais tarde, Walter usa da mesma metáfora para explicar à Skyler o porque de não "sacrifícar" de Jesse.

— "Babylon 5": teor da conversa entre Badger e Skinny Pete descoberta através de uma escuta instalada por Kuby, é referência à série de mesmo nome da década de 90, onde Bryan Cranston teve rápida participação, especificamente no episódio "The Long Night" 4x05, vivendo o personagem Ericsson. Olha ele aí! 

— Nesse episódio, Betsy Brandt e Aaron Paul atuaram juntos pela primeira vez, restando apenas RJ Mitte a atuar com Aaron Paul na série

Circulei em vermelho o copo de café servido por Marie, onde lê-se DEA, referência à Narcóticos. Se olharmos bem, a alça do copo se parece com a letra D, formando a palavra DEAD (Morte), talvez sugerindo que Jesse possa vir a morrer pelas mãos de Marie ou Hank? 

Bom, pode ser viagem minha, mas...

— Mas em seguida acompanhamos um take onde o diretor sugere que Hank e Marie estivessem presos, com ambos atrás das "grades". E aí?

— A roupa de Saul usada nesse episódio é mais uma referência de Breaking Bad à Scarface, figurino usado por Tony Montana, protagonista do filme de 1983.

— O famoso Urso Caolho Rosa voltou, de forma bem escondida dessa vez, mas encontramos ele em uma árvore, perto da casa de Walter, no momento em que Hank retirava Jesse de sua casa. Será mesmo esse o destino do famigerado ursinho de "estimação" de Walter? Walter teria picado o pé no boneco e ele foi parar lá?

— Mais uma referência clara ao episódio piloto da série. Vince Gilligan disse em muitos momentos que a última temporada lembraria muito primeira e não está dando outra, pelo menos visualmente falando.

— No hotel onde a família White está hospedada, vimos alguns quadros que decoram o ambiente. Trata-se de quadros com imagens da reserva de Navajo To'hajiilee, cenário do piloto da série e também visto em "Buried".

— Da série "fantásticas montagens que encontramos na internet", eis o sensacional vídeo que mistura de forma "coesa", uma possibilidade plausível que poderíamos ter assistido no início de "Rabid Dod". Com muito humor, claro.

  

— Música do episódio:

"Chaotica" por The Bambi Molesters: ouvida enquanto acompanhávamos Walter tentando armar aquela mentira deslavada com o pífio objetivo de enganar Skyler.

  

PS: Não esqueci da estante de Hank, repleta de títulos curiosos. Farei um post especial, tentando decifrar a maioria das obras mostradas.