Bryan Cranston afirma: "Há um Walter White em cada pessoa no mundo"


Breaking Bad terminou há seis meses, mas Bryan Cranston ainda permanece apaixonado pela série e pelo seu personagem, Walter White. Conversando com o The Guardian sobre a sua peça na Broadway como o ex-presidente Lyndon Johnson, em "All the Way", ele sempre acaba tocando em questões que envolve Breaking Bad, claro, e seu personagem Walter White. O The Guardian apelida Walter White como "o protagonista mais sombrio e moralmente ambíguo na história da televisão". Mas ele defende:

"Poucas pessoas que caminham na Terra são "santas", diz ele. Breaking Bad ressoou porque há um Walter White em cada pessoa no mundo. Somos todos capazes disso. Nunca é realizado na maioria de nós, mas dadas as circunstâncias certas, qualquer pessoa poderia ser ameaçada suficiente, com medo o suficiente, desejosa o suficiente."

"Walt era um homem que estava deprimido, suas emoções estavam enclausuradas. Ele não sabia como ele se sentia, e então o diagnóstico terminal o liberou. 'Foda-se se eu fizer uma coisa ousada na minha vida, é isso e..!. é para a minha família. E depois vou  morrer. "É claro que um simples plano pode dar errado. "

Essa não é a primeira vez que Cranston defendeu, ou tentou explicar, as atitudes de seu personagem, vilão. Ecoando um sentimento semelhante, Cranston tentou esclarecer em um evento em Nova York, em agosto:

"Para mim foi: 'Por Deus, se eu vou morrer, eu vou ter algo que eu possa deixar para a minha família. "Você quer sentir aquela sensação de orgulho e responsabilidade. Mantive evocando isso em minha cabeça... Isso nunca foi falado com os roteiristas... Mas, para mim, era o sentimento de humilhação. Ele pegou um vislumbre do que suas últimas semanas poderia ser. Que ele iria murchar, e sua esposa teria que esvaziar as suas poupanças, Walter os deixaria sem dinheiro e morreria. Então, esses foram os fatores de motivação para ele fazer algo ousado e arriscado, pela primeira vez em sua vida ".

Com informações do Huffington Post

Publicidade:



Tecnologia do Blogger.