Better Call Saul: Review 1x08 e 1x09 "Rico" e "Pimento"


"Rico" e "Pimento". Antepenúltimo e penúltimo episódio da temporada de estreia de Better Call Saul. Os episódios não trouxeram momentos impactantes, muito menos momentos cômicos - que muitos estavam imaginando que seria base da série - porém, ambos episódios foram importantíssimos para dar um bom desenvolvimento para a trama, revelar fatos interessantes da história, e nos preparar para o seu primeiro season finale.

Queira ou não, somos levados a ter muita pena de Jimmy, sua história inicial como advogado é muito bonita, mas sofrida. Jimmy é um trabalhador, acima de tudo, tenta ser honesto a todo custo, tenta dar orgulho às pessoas que ele ama, e sempre, indubitavelmente, acaba levando a pior, e de graça. 

Jimmy busca ter reconhecimento, buscar ter sucesso no seu trabalho, e por egoísmo, inveja de outras pessoas..., enfim, ele acaba sofrendo derrotas, mesmo tendo sido extremamente competente nos casos que vimos-o descobrir nessa temporada. 

Sabemos que um "conforto" o espera: em Breaking Bad, Jimmy, ou melhor Saul Goodman, é um advogado de sucesso, mesmo com todos os trambiques que conhecemos dele. Ele conseguiu ser o que estamos vendo ele tentar ser em Better Call Saul, porém, em Breaking Bad, ele se rendeu ao lado negro da história: estamos acompanhamos como acabou chegando nesse nível, e os dois últimos episódios começaram a justificar isso. 


Chuck: amado, idolatrado e agora odiado irmão. Impressionante como os episódios trataram de dar uma boa revira-volta na trama. Como imaginar que Chuck, debilitado, dependente de seu irmão, fosse capaz de traí-lo da forma que vimos, por rancor, arrogância, prepotência, egoísmo e inveja. Jimmy mostrou-se competente no caso do casal "Kettlemans", e agora, mais uma vez, dá início e estrutura um processo milionário, dá de mãos beijadas para a HHM, e não consegue receber de volta nem um tipo de reconhecimento, nem uma mísera sala para trabalhar, simplesmente porque seu amado e idolatrado irmão não quer. 

Preconceituoso, arrogante, invejoso, reitero, Chuck se tornou o "vilão" da temporada, antes, cargo de Howard. Ficamos nove episódios odiando esse sujeito, para agora descobrimos que ele não passava de um "pau mandado" de Chuck. Provavelmente é o fim da relação dos irmãos, o coração de Jimmy sai partido, duvido que continuará tentando lutar contra a empresa milionária que tanto tentava trabalhar, pois não deverá lutar contra seu irmão, porém, claro, ainda tentará ser "alguém" na advocacia para esfregar na cara de seu irmão, dizendo: "O que adianta ter diploma da melhor universidade se não tem competência?"


"Rico" foi um episódio que começou a traçar a real índole de Chuck, enquanto Jimmy seguia com seus trabalhos "pró-terceira idade", que rendeu-lhe o caso "Sandpiper". Já "Pimento", concluiu e revelou os percalços que assolavam a vida de Jimmy a anos, promovendo um bom gancho que deverá sustentar o season finale da primeira temporada. Jimmy foi à luta, desconfiou e investigou seu próprio irmão, que agora deverá passar por maus e merecidos bocados. 

Paralelamente acompanhamos a vida de Mike. Interessante, a série é baseada no passado de Saul Goodman, mas também, de forma discreta, no passado de Mike. Na transformação de ambos personagens. Jimmy e Mike tiveram momentos juntos nessa temporada, mas o que se viu nesses dois episódios foi que o personagem se desprendeu de Jimmy, e começa a ter "vida própria". Isso é muito bom para a série. 


Apesar de que nada de tão importante foi mostrado da vida de Mike, a exaltação de sua perspicácia foi vista mais uma vez, trazendo aquele sentimento nostálgico de seus trabalhos em Breaking Bad, justificando todo o seu conhecimento, e nos dando momentos de prazer. Ele continua sendo o melhor avô do mundo, trabalhando em um estacionamento, enquanto faz alguns "bicos" de segurança e dando aula. Mike ainda está desperdiçado, mas quando é acionado, se torna um show a parte. 

Season finale vem aí, provavelmente trará alguma surpresa, algum personagem de Breaking Bad talvez apareça. Os nomes dos episódios até então, estão claramente demostrando o que virão deles, e o último da temporada se chama "Marco", talvez, uma aparição de "Marco Salamanca", não sei. A temporada até então tem sido competente, muito bem produzida, mas falta aquela faísca que possa acender o pavio de um barril de pólvoras, espero que ela venha nesse season finale, para que possamos esperar a nova temporada da série com muita ansiedade, pelo contrário, não teremos tanta ansiedade assim. 

Tecnologia do Blogger.