Por que Walter White deixou a Gray Matter? Fim do "mistério", Vince Gilligan responde


Breaking Bad já acabou a quase três anos, mas tudo que envolve o nome da série gera nostalgia, ainda mais quando fatos "novos" aparecem.

A série foi encerrada sem grandes polêmicas, bem amarrada e pouco ficou para debate. Porém, sempre que os produtores ou o criador da série - Vince Gilligan - dão alguma entrevista, sempre têm algo a acrescentar na história de Breaking Bad, e, claro, na visão importante de seus criadores.

Durante o lançamento do livro oficial da série, Gilligan acabou revelando o destino do personagem Huell, e agora o assunto é mais abrangente: finalmente ele responde por que Walter White deixou a Gray Matter, empresa fundada por ele e seu amigo Elliott Schwartz. 

White estava namorando sua assistente de laboratório, Gretchen, mas a deixa repentinamente enquanto passava o feriado de 4 de Julho com a família dela. White vende suas ações da Gray Matter para seu sócio por US$ 5 mil. A empresa depois passa a valer bilhões de dólares, Elliot e Gretchen acabam se casando.

Em entrevista para site Huffpost, onde falavam da música "Yo Soy Saul", um dos temas de Better Call Saul, Vince Gilligan e Peter Gould explicaram por que White deixou sua antiga empresa, a Gray Matter.

A atriz Jessica Hecht (Gretchen Schwartz) já tinha comentado sobre o assunto - em uma entrevista ao canal AMC -, que Walt deixou a empresa e terminou a relação entre eles porque se sentia inferior. Gilligan confirmou a informação, dizendo:

“Ela está certa, e foi o que expliquei para ela e para Bryan Cranston antes deles gravarem aquela grande cena no restaurante”.

A cena à qual Gilligan se refere acontece no episódio “Peekaboo”, sexto da segunda temporada.

  

"Termina com ele sendo tão rude com ela dizendo: ‘Foda-se’ e então ela vai embora chorando", disse Gilligan e continua: 

"A meu ver, a coisa interessante aqui — e sempre odeio um pouco ter de explicar tão explicitamente —, vamos colocar desta forma, a maioria dos espectadores de Breaking Bad pensam que Gretchen e Elliott são os vilões e acredita que Walt foi enganado por eles, ficou doente sendo usado por eles, e nunca realmente vi dessa forma."

Gilligan explicou que a verdade é mais sutil. É tudo consequência do sentimento de inferioridade de White enquanto estava com a família de Gretchen.

"Acho que foi o tipo de situação onde ele não percebeu que a garota com a qual estava prestes a se casar era tão rica e vinha de uma família tão proeminente, que, de certa forma, mexeu com sua cabeça, o fez se sentir inferior e então ele exagerou".

"Ele simplesmente fugiu. Acho que existe todo aquele outro lado da história, e pode ser garimpado. Esta realmente não é a versão CliffsNotes [alusão ao guia de estudos popular nos EUA]. Esses fatos podem ser percebidos se você assistir a algumas dessas cenas com muita atenção, e você as assiste sem um viés muito predominante para o lado de Walt e contra Gretchen e Elliott", disse Gilligan.

Gould acrescentou: "Acho que o interessante não é exatamente o que aconteceu, mas o fato de que Walt não conseguiu superar aquilo todos esses anos. Ele não tem perspectiva sobre si mesmo. Chega a um ponto onde o que realmente pode fazer é tentar justificar tudo o que tem feito".

"A pequena resposta aqui é que acho que as pessoas tendem a pensar que Gretchen e Elliott são os vilões porque são um casal rico e parecem estar combinados contra nosso herói, Walter White, mas a verdade pode não estar exatamente debaixo do nariz", finaliza Gilligan.

Com informações do site Huffington Post Brasil
Tecnologia do Blogger.