Easter Eggs e Curiosidades de "El Camino", o filme de Breaking Bad


Chegou a hora de esmiuçarmos o filme "El Camino" na nossa coluna "Easter Eggs e Curiosidades", que fez muito sucesso com Breaking Bad e Better Call Saul, e claro que não poderia ficar de fora desse filme.

Vamos compartilhar dos pequenos até os grandes detalhes que muitos sempre deixam passar durante a exibição.

— Inicialmente levava o nome "Greenbrier". Um nome fictício para não levantar suspeitas.

— O nome do filme "El Camino" é uma referência ao carro usado por Jesse na fuga, vista no último episódio de Breaking Bad, "Felina", e que também foi usado no filme. Todo designer usado no filme, como no cartaz, abertura e fechamento do longa, foram inspirados no carro. A tradução, "O Caminho", refere-se ao caminho que Jesse Pinkman percorreu após fugir de sua prisão em Breaking Bad.


—  Vince Gilligan originalmente concebeu o projeto como um minisódio intitulado "63", que seria produzido para o 10º aniversário de Breaking Bad como um presente para os fãs, atuando como um 63º episódio da série. Mas logo foi desenvolvido para um episódio completo e depois para um longa metragem, para usar de maneira mais eficaz o custo de montagem de elenco e equipe.

— O primeiro teaser trailer do filme em que Skinny Pete conversa com a polícia está implícito em uma cena acontecendo depois que ele e Jesse trocaram carros. A cena não aparece no filme. E também não houve outras referências a Hank e Gomez.


— Vince Gilligan revelou que dez personagens de Breaking Bad apareceriam em El Camino. Na verdade foram treze: Jesse Pinkman, Mike Ehrmantraut, Badger, Skinny Pete, SAC Ramey, Joe, Todd Alquist, Ed Galbraith, Diane Pinkman, Adam Pinkman, Kenny, Walter White e Jane Margolis. Dois personagens de Better Call Saul também aparecem: Suzanne Ericsen e Clarence.

— Durante o início do filme, é apresentada uma foto do restaurante Twisters no Novo México. Este restaurante foi usado como Los Pollos Hermanos. A locação usada para o escritório de Saul Goodman também foi vista.



— Cerca de 25 minutos de filme, a câmera pausa no cruzamento de "Holly & Arroz", exibindo os dois sinais. Não existe esse cruzamento em Albuquerque, é cenário do filme. Isso é uma brincadeira por parte de Vince Gilligan, cuja namorada chama-se Holly Rice (Arroz em espanhol). Holly também é o nome da filha de Walter White em Breaking Bad.


— Robert Forster, que interpretou Ed Galbraith em Breaking Bad e reprisou seu papel em El Camino, morreu no mesmo dia em que El Camino foi lançado: 11 de outubro de 2019.


— Mike é o único personagem a aparecer em todas as três produções do Universo Breaking Bad: além da série original, esteve presente em Better Call Saul e agora em El Camino.

— O motorista de limusine que trouxe as meninas para o local de soldagem, apareceu em Better Call Saul duas vezes. Ele era um dos caras do lado de Mike quando se encontraram com Pryce no estacionamento da estação Pimento. Ele também estava na temporada quatro, episódio "Piñata". Ele ajudou Saul a se vingar dos adolescentes que roubaram seu dinheiro no armazém.


— Oito dos nove corpos descobertos são os de Jack Welker e seus homens: Kenny, Todd, Matt, Frankie, Lester e dois membros não identificados. O último cadáver é o de Walter White, que está, portanto, confirmado morto, além de menção ouvida por Jesse na radío. Se ainda havia alguma dúvida.

— A morte iminente de Lydia é mencionada, afirmando que por enquanto ela ainda estava viva, mas em estado crítico devido ao envenenamento por ricina e não se espera que ela sobreviva.

— Mas Lydia esteve presente no episódio, dentro do Globo de Neve de Todd. Claramente é uma referência à obsessão de Todd por ela. O salto com fundo vermelho é sua marca registrada.


— A aranha mantida no apartamento de Todd é a mesma que ele coletou depois de matar a criança no episódio 'Dead Freight' de Breaking Bad.


— No início do filme, Jesse derruba uma caixa de correio que diz "212". Temporada 2, episódio 12 (ou 2.12) é o episódio em Breaking Bad, no qual Jane morre.


— Um modelo da nave estelar "Excelsior" de Star Trek é visível em uma prateleira na casa de Skinny Pete, juntamente com um cruzador de batalha Klingon. Outra referência de Star Trek é vista na gaiola de tarântula de Todd, onde uma figura de ação está embutida na areia.


— O flashback com Walt ocorre durante o episódio "4 Days Out", depois que eles fazem o trailer funcionar, mas antes de Jesse o deixar no aeroporto. O RV pode ser visto em segundo plano durante o flashback.



— Quando Jesse e Todd estão enterrando a faxineira, Todd pede a Jesse que pegue um maço de cigarros no porta-luvas do El Camino. Os cigarros são a infame marca Morley, que apareceu em muitas produções, mais notavelmente em The X-Files. O criador de Breaking Bad, Vince Gilligan, era um dos roteiristas da série.


— O flashback com Mike acontece durante o episódio "Buyout", após uma produção de drogas de Walt e Jesse, mas antes de Mike e Jesse anunciarem a Walt que estão se aposentando no Vamonos Pest. Este é o lugar onde Walt atira e mata Mike.


— A roupa "Vamonos Pest" é vista no chão da sala onde Jesse se esconde da "polícia", no apartamento de Todd.


— O flashback de Todd, Kenny e Neil ocorre após "Granite State" e após a tentativa de fuga de Jesse, como Kenny menciona que Jesse já havia tentado enganar eles uma vez; referindo-se a sua fuga.

— Os vários flashbacks com Todd e Jesse acontecem entre "Granite State" e "Felina", já que Andrea já estava morta e Todd ameaça matar Brock em seguida. Por isso mesmo Jesse não mata Todd ao pegar a arma no porta-luvas.

— Breaking Bad S03E13 // El Camino: cena que ilustra o bom interior de Jesse, mesmo após o encarceramento.


— Você reparou que Jesse atirou em Neil com a arma que estava dentro do seu bolso, certo? Ele não é nenhum cowboy expert como muitos pensaram rs.


— Falando em armas, a cena que Jesse enquadra um dos falsos policiais, remete ao momento em que ele aponta a arma e mata Gale, no fim da terceira temporada.



— Durante o flash back em que Walter aparece, ouvimos timidamente o único "Yeah Bitch" dito por Jesse no filme. Exatamente no momento abaixo:


— Quando o Jesse esta escutando o radio o jornalista diz que a Nasdaq caiu 34 pontos, isso não acontece normalmente. Foi exatamente o que o Walter falou que aconteceria se ele parasse de trabalhar no discurso "Eu sou o perigo", episódio "Cornered".



Músicas do Episódio: 

 “Call Me The Breeze” – Lynyrd Skynyrd: Escrita e performada originalmente por J.J Cale, foi regravada pela banda em 1974, aparecendo em seu segunda álbum de estúdio, chamado “Second Helping”.

   

“Sharing the Night Together” – Dr. Hook - Foi escrita por Ava Aldridge e Eddie Struzick, sendo originalmente gravada por Lenny LeBlanc e, também, Arthur Alexander, em 1976. Dois anos depois, foi regravada pelo Dr. Hook para o oitavo álbum de estúdio da banda, chamado “Pleasure & Pain”.

    

“To Sir With Love” – Lulu: Gravada em 1967 pela cantora, veio para ser a música tema do filme “To Sir, with Love”, lançada neste mesmo ano. Foi escrita por Don Black e Mark London.


   

“A Little Bit Of Soap” – The Jarmels: Escrita por Bert Berns, foi lançada pelo grupo em 1961 como um single, contendo no verso a faixa “The Way You Look Tonight”.


   

—//—

Comentários

  1. O desejo de Jesse ir para o Alaska foi sugerido por Mike como vemos no filme. Em Breaking Bad este destino é comentado na primeira vez numa conversa no deserto com Walter e este já seria o destino se Jesse sumisse com Ed.

    ResponderExcluir
  2. Notei que ficou claro que Jesse matou Todd daquela maneira em BrBa pois foi da mesma forma que Todd matou sua empregada e que Jesse não gostou de sua atitude ao ver a empregada morta. Uma forma de "descontar".

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!

Postagens mais visitadas deste blog

Entendendo o Fim de Breaking Bad

Teaser de El Camino confirma definitivamente morte do fim de Breaking Bad

El Camino: Trailer Oficial Completo e imagens do filme de Breaking Bad