Pular para o conteúdo principal

Fã de Breaking Bad Teria Matado Namorada e Derretido Corpo

Mais um capítulo da série "Breaking Bad da Vida Real", mas dessa vez os indícios relacionados à série são bem maiores.

Primeiro acompanhamos a Polícia do Alabama procurar um traficante de drogas com o nome de Walter White. Depois descobrimos que existe um professor com câncer traficante de Metanfetamina. Dessa vez descobrimos que um jovem americano teria matado sua namorada e tentou derreter seu corpo em uma banheira plástica, após assistir Breaking Bad.

A relação foi confirmada essa semana quando documentos judiciais apresentados revelaram que as autoridades apreenderam boxes de DVD´s de Breaking Bad na casa de Jason Hart, suposto autor do assassinato. Os discos incluem o episódio dois da primeira temporada, onde um personagem é dissolvido em banheira cheia de ácido.

Detetives encontraram o corpo da vitima, Regan Jolley, imerso em uma banheira de plástico cheia de ácido em sua garagem. Autoridades disseram que Hart comprou os DVDs antes de supostamente ter matado a sua namorada, relação iniciada a seis semanas. Documentos do tribunal também declaram que Hart comprou um livro de química e um limpador de drenos. Jolley, 33 anos, foi estrangulada até a morte, de acordo com a autópsia realizada na Spokane County Medical Examiner. 

A notícia diz que Jason Hart era viciado em metanfetamina. As autoridades o prenderam na última terça-feira, pois o suspeito seguia em liberdade condicional durante as investigações, revogada após encontrarem indícios graves de seu envolvimento. O Juiz expediu um mandato de prisão, fixou fiança de US$500.000 e marcou audiência para o dia 18 de Junho.

Testemunhas disseram às autoridades que Hart e Jolley brigavam muito na noite do crime. Uma testemunha encontrou o corpo na garagem de acordo com documentos judiciais.

Com informações do kmov.com