Pular para o conteúdo principal

Adolescente Vítima de Câncer é Homenageado em "Blood Money"

Dedicated to our friend Kevin Cordasco

Foi o que estava escrito no fim de "Blood Money", episodio que marcou a volta de Breaking Bad. A frase trata-se de uma homenagem a um garoto de 16 anos, fã de Breaking Bad, que morreu de câncer sem saber do final da série.

E não soube porque queria assistir o fim da série junto com todos nós, porém infelizmente não suportou a doença, morrendo em março desse ano. Vince Gilligan propôs entregá-lo uma cópia do roteiro do último episódio, para que ele soubesse do desfecho da série.

Kevin se inspirava em Walter White, devido a forma que ele lidava com a sua sua doença. Em setembro de 2012, um amigo da família de Kevin Cordasco conseguiu marcar um encontro com a estrela de sua série, Bryan Cranston. Ele e sua esposa ficaram horas no hospital, conhecendo mais do garoto e de sua história, consequentemente contando ela para todos os integrantes da série.

Cordasco estava lutando contra uma forma rara de câncer chamada neuroblastoma, por sete anos. Através de uma série de encontros nos meses que se seguiram, o elenco e a equipe de Breaking Bad se surpreenderam com a sua positividade inabalável e inteligência.

Um mês depois, Cranston e dois membros do elenco visitaram Cordasco em sua casa em Los Angeles e convidaram o adolescente a acompanhar a composição de um dos roteiros da nova temporada, mas ele estava muito doente para viajar para Albuquerque.

Melissa Bernstein, produtora executiva de Breaking Bad, disse ao Los Angeles Daily News que a dedicação ao Cordasco foi ideia do criador da série, Vince Gilligan. Gilligan ficou devastado quando Cordasco faleceu e queria mostrar o quanto respeitava a história do adolescente. 

Cordasco ainda teve um efeito sobre a forma como a série terminou. De acordo com o Los Angeles Daily News, questões que ele levantou com os roteiristas sobre certos personagens acabaram impactando a direção na produção dos últimos episódios da série.

"Foi emocionante. Eu sei que meu filho estava sentado, assistindo", disse a mãe de Cordasco ao Los Angeles Daily News." 


Com informações do huffingtonpost.com