Pular para o conteúdo principal

Facebook remove a página Breaking Bad Brasil


Numa atitude arbitrária e unilateral, o Facebook removeu a nossa página na rede social que ficava no endereço: www.facebook.com/breakingbadbrasil.

Recebemos UM e-mail afirmando que UMA imagem estaria em desacordo com as normas da rede social e que essa ÚNICA postagem seria excluída. Reiteraram que SE essa infração se REPETISSE, o Facebook seria obrigado a bloquear a possibilidade de carregar vídeos e fotos na página e que por fim, toda a página PODERIA ser removida, além do administrador que publicou o conteúdo também ser notificado separadamente.

Nada disso aconteceu. A remoção foi sumária, apenas UM aviso por e-mail de apenas UM post e sem mensagem para o administrador. Nunca tivemos nenhum tipo de bloqueio no Facebook e com apenas essa infração, fomos removidos da rede. Nós e os 182 mil que seguiam a página. Parece perseguição, pois a postagem reclamada foi publicada no dia 21 de Agosto de 2016. Vasculharam a página toda em busca de algo, de alguma "justificativa".

Não infligimos direitos autorais ou intelectuais. Nunca postamos links para download, não postamos vídeos, não vendemos nada. O post reclamado trata-se de uma divulgação de uma loja, que, dentro dela, teria produtos vendidos sem a licença Breaking Bad. 

Hora, então teriam que reclamar com quem vende os produtos e não com quem compartilhou, penso assim! Se não, NENHUMA página na rede social poderia existir! É o mesmo de, exemplo, uma página divulgar uma matéria de um site e lá tiver produtos não-licenciados a venda. É o mesmo também: uma página publicar um trailer, um vídeo, um meme, enfim, postado no Youtube. Esses vídeos tem direitos, mas quem carregou o vídeo que deve ser responsável e não quem compartilhou.

Atendemos muitos pedidos no Facebook. Muita gente pede pra divulgar tal loja, tal página, pedem pra divulgar sua arte, seu meme, enfim. Claro que também temos posts patrocinados, mas a maioria das vezes encontro ou recebo algo interessante e compartilho, claro, pois se é interessante pra mim, é interessante para os fãs de Breaking Bad. Mesmo que tenhamos errado, mas UM erro justificar a exclusão da página é um absurdo!

A rede deveria ter mais respeito com seu usuário. Deveriam explicar melhor a penalidade. A própria regra não foi cumprida por eles mesmo, como disseram no e-mail. Não há telefone para reclamação, não existe endereço físico para reclamação. Deveria. Há um suporte que tem mensagens prontas de respostas que não levam a lugar algum.  

A recomendação é de entrar com um processo para ter a página de volta, mas é inviável. Tempo, esforço físico e dinheiro pra isso seria inviável.

Como sempre disse, não criamos uma página, criamos um site e a partir dele as suas redes sociais. Nosso conteúdo está aqui, a sete anos no ar, o primeiro e único site de Breaking Bad no Brasil, a maior fonte sobre a série na internet. A série acabou, mas os fãs continuam. Tem muita gente até hoje começando ver a série, acreditem. Temos também Better Call Saul que segue a todo vapor. Enfim, vamos continuar firme forte, mesmo como essa injusta atitude do Facebook.

As redes sociais são um parte do site para divulgar o conteúdo publicado nele. Peço a todos que continuem nos seguindo, pois o crescimento de todas as redes é diário, não vamos deixar esse lugar que acolhe os fãs de Breaking Bad desde 2010 acabar por essa arbitrariedade.  

Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/breakingbadbr
Siga-nos no Instagram: www.instagram.com/breakingbadbrasil
Participem de nosso grupo no Facebook: Entrar
Inscrevam-se nas atualizações do site. Inscreva-se

Por fim, criamos outra página no Facebook. É uma atitude imediata, os outros meios trarão desgastes.

Curtam nossa nova página, compartilhem, convidem seus amigos para curti-la!

Obrigado a todos, vamos juntos, bitch!

Atenciosamente, Fábio Lins

Comentários