"Breaking Bad de BH". Químico que fabricava drogas e vendia pela internet é preso em Minas


Um estudante do nono período do curso de química da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) foi preso por tráfico de drogas na região da Pampulha, em Belo Horizonte. A informação é da Rádio Itatiaia. 

Segundo a polícia, o homem de 30 anos importava drogas da Holanda e de países do leste europeu, principalmente da Polônia, e fabricava os entorpecentes sintéticos na república em que morava. 

O rapaz (foto ao lado) fazia a produção conforme perfil e solicitação dos usuários. Ele administrava um site com o "cardápio" das drogas, com descrições detalhadas de cada uma, como utilizar, formas de ação no corpo e o tempo para as substâncias fazerem efeito. 

Entre os principais compradores estavam estudantes de classe média alta e produtores de festas eletrônicas.

Ao prender o homem, a polícia encontrou com ele grande quantidade de droga, avaliada em R$ 400 mil.

A notícia foi explorada pela emissora em seu programa policial, Itatiaia Patrulha. O âncora fez realmente uma "super-produção" para a matéria, denominando o fato em "Breaking Bad de BH", veja como ficou.

Seria engraçado se não fosse trágico.
“Breaking Bad de BH”. Estudante é preso por fabricar drogas e vender pela internet. Quer saber como a casa caiu pra ele? Acompanhe com @renatoriosneto, esse e outros casos, no Itatiaia Patrulha, daqui a pouco, às 17h05.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo seu comentário!

Tecnologia do Blogger.