Breaking Bad: "Cancer Man" 1x04 [Review Retrô]

Exibição: 17 de Janeiro de 2008 

Roteiro: Vince Gilligan 

Direção: Jim McKay


Um dos momentos que Walter "chutou o balde".

É recorrente em Breaking Bad, principalmente em sua primeira temporada. Após a descoberta do câncer, Walter não levava mais desaforo para casa, não tinha mais estopim. Não aceitou ver seu filho sofrendo deboche em uma loja de roupas, não aceitou mais as humilhações de seu chefe, não aceitou mais ver um babaca que se achava "dono do mundo" continuar "vencendo" e causou-lhe uma bela derrota destruindo seu carro juntamente com sua placa "Ken Wins". 

A doença que marca a série começou a ser pública, usada por Walter como resposta por suas mudanças de atitude. Deu certo. Skyler desconfiava de traição, desconfiava dele estar viciado em maconha... enfim, a verdade acabou servindo para encobrir a mentira, porém ele começa a confrontar problemas que ele não queria confrontar agora, afinal, Walter não queria se curar, ele queria juntar dinheiro e morrer em paz deixando dinheiro para sua família, e não morrer deixando mais dívidas ainda. 

Esse aspecto é um divisor de águas na temporada, pois Walter e Jesse prometeram não cozinhar mais, quase morreram por isso, mas a grana que Walter precisa, ainda mais com o caríssimo tratamento oncológico, além de Jesse estar interessado em mais dinheiro sabendo que a droga de Walter é única, falou mais alto, fazendo com que eles retomem a produção.

Jesse, nesse episódio, pediu colo. Precisava de cuidados e queria parar de usar, mas não ia abrir mão de estar no mundo do crime. Ele queria retomar sua vida familiar novamente, voltando para o anseio de sua família por estar sofrendo com ilusões. É um momento importante, pouco visto na série, quando demostraram claramente os efeitos perversos da metanfetamina.


As amizades fizeram Jesse retomar, mas dentro de si, sempre foi ganancioso, fazendo-o encontrar Walter e praticamente implorar para que eles voltassem a produzir. Walter precisando de dinheiro... ainda mais com Jesse jogando para o alto 4 mil dólares para Walter... foi uma jogada de mestre do jovem.

A família de Jesse aparece pela primeira vez na série, típica família que sofreu muito criando um filho problemático que acabou no mundo das drogas. O amor familiar ainda existe, mas as feridas nesses casos sempre ficam abertas, e elas condenaram Jesse sumariamente pelo cigarro de maconha encontrado pela faxineira. Nunca iriam desconfiar que o jovem prodígio, cheio de troféus, estava fumando maconha, e claro, sobrou para a ovelha negra da família. Uma grande reviravolta da trama que surpreendeu a todos. 

Agora não tem pra onde irem, a dupla irá retornar. Walter é extremamente orgulhoso, basta ver a cara de ódio que ele fez após Hank sugerir cuidar de sua família após sua morte. Walter estará imbuído a produzir e ganhar dinheiro, com o objetivo de pagar seu tratamento e ainda deixar uma reserva para sua família após sua morte, pois não acredita que irá sobreviver.

Jesse, sem rumo na vida, não sobra outra alternativa do que voltar para sua casa, ganhar muito dinheiro com a venda das drogas para gastar o mais rápido que puder, com festas, futilidades e afins.


Esse é o panorama atual da série, com Hank e seus comandados atentos para o novo e "perigosíssimo" traficante que chegou na cidade.


Nota do editor: iniciamos a coluna "Retrô" a algum tempo aqui no site. Vamos publicar reviews e easter eggs dos episódios não cobertos pelo site. Temos as colunas "Reviews" e "Easter Eeggs e Curiosidades" a partir da 4ª temporada, agora vamos começar a publicar sobre os episódios das três primeiras temporadas, fiquem ligados!

Comentários