Better Call Saul "Rock and Hard Place" 6x03

Exibição: 25 de Abril 2022
Roteiro: Gordon Smith
Direção: Gordon Smith


Com spoilers

Ignacio "Nacho" Varga, filho de Manuel Varga, filiado ao Cartel, tornou-se braço direito de Tuco Salamanca . Ele também se tornou o braço direito de Hector e Lalo, contra sua vontade, e trabalhou como informante de Gustavo Fring após ser chantageado por ele.

Nacho e Lalo foram apresentados de forma aleatória e sem expectativas em Breaking Bad, episódio "Better Call Saul", que deu origem a esse derivado. Naquele momento, nunca imaginaríamos o quão impactante foi a história deles, principalmente a de Nacho, encerrada agora em "Rock and Hard Place". Nacho foi inserido em Better Call Saul e muito depois conseguimos juntar essas peças, e que agora, teve esse fim, trazendo todo o sentido.

Ele não fez parte de Breaking Bad, portanto, deveria morrer em Better Call Saul. Essa era a lógica, mas não dava pra cravar, várias possibilidades poderiam ocorrer. Porém, na review do episódio passado, disse que Gus e o cartel começam Breaking Bad em paz, portanto, não terminariam Better Call Saul em guerra. Nacho era o elo que traria isso, e trouxe, com sua morte, mas acontece que a rusga entre eles ainda não terminou.


Nacho não tinha escolha, pois seu bem mais precioso estava descoberto, indefeso, e não quis ouvi-lo. Polícia não iria resolver, Nacho sabia disso, portanto, teve que entregar sua própria vida para salvar a de seu pai. Claro, Nacho não é santo, entrou para o mundo do crime porque quis, mas demostrou ter bom coração, avaliando sua vida bem menos valiosa do que a do seu pai, honesto, trabalhador, mais útil para a sociedade.

Claro que deu uma vontade imensa de entregar Gus, o responsável direto por deixá-lo naquela posição. Por preciosos segundos ele pensou em fazer isso, entregá-lo, mas claro, soou mais alto o que Gus poderia fazer com seu pai caso ele não cumprisse o acordo. 

Um novo cartel surgiu, o tal "Los Odios", do Peru, espécie de rivais dos Salamancas. Claro, tudo invenção de Gus, porém a grande expectativa após o surgimento desse cartel é sobre a nova possível série que poderá ser encomendada do núcleo envolvendo o passado de Gus Fring, só pensei nisso naquele momento.

Diferente do acordado, ele se mata. sabíamos que ele era o único que poderia morrer naquele momento, pois todos os outros personagens foram mortos em Breaking Bad. A justiça pra eles já foi feita. Acontece que, mesmo Nacho sendo um criminoso, nos apegamos ao personagem e sentimos a sua morte, mesmo esperada. O último olhar de Mike para ele foi de cortar o coração, mas pelo menos vamos ter um aconchego de saber que nenhum fio de cabelo de Manuel Varga será tocado, graças a Mike.


Hector demostra sua perversidade, enchendo o cadáver de bala, expondo seu ódio. Parecido com que Walter fez para Jesse, ao jogar em sua cara que deixou sua amada Jane morrer, Nacho joga na cara de Hector que ele foi o culpado por estar paraplégico, causando sua ira. Mas vale lembrar que eles sabem que Gus está envolvido, Lalo já passou essa informação para Hector, agora vamos ver como isso vai se desenrolar, não vai ficar assim, porém, claro, não irão morrer e vão resolver isso de alguma forma. Lalo é o próximo elo a ser resolvido.

Hector sabe, mas precisa de provas, como ele mesmo pediu para Lalo. Por enquanto, não as tem.

Até esse momento, só falamos de Nacho nesse texto, mas tivemos também o outro lado da série começando a se conectar. Lalo foi pauta nos passos de Saul e Kim no episódio, com a promotoria na cola do casal para que deem informações sobre Guzman, o Lalo, para os íntimos.  

Nesse ponto, duvido muito, que irão evoluir muito, mas a grande questão jogada na cara, principalmente na de Kim, é que claramente estão seguindo o caminho errado, sabem disso. Claramente há um jogo de empurra entre eles. Kim não quer se comprometer, joga para Saul que devolve para ela. A última cena do casal deixa isso claro, mas Kim insiste em deixar a decisão para Saul, deixando ele escolher trabalhar para o cartel ou dedurar eles. A escolha é óbvia e sabemos qual será, e a série já começa a justificar fatos que irão ocorrer nos próximos episódios, ou seja, possivelmente, a morte de Kim.


A vingança Howard continua, sem avançar muito no plano mas deixando armas a postos. Huell marcou presença novamente,  desfilando suas artimanhas trambiqueiras e jogando verdades na cara de Saul. Mesmo o núcleo de Nacho sendo bem mais empolgante, foi interessante acompanhar Saul e Kim, para deixarmos com olhos abertos para o que virá pela frente.

"Rock and Hard Place" foi magnífico, impecável, o melhor desse início de temporada e provavelmente um dos melhores de toda a série. A temporada está apenas começando, e esse Universo Breaking Bad costuma ser como um barril de pólvora, indo queimando, queimando... até explodir, e pelo andar das coisas, várias explosões ocorrerão durante toda a última temporada. 

Atuações impecáveis, produção, fotografia, edição, trilha sonora... Sim, estamos vendo Breaking Bad. A qualidade da produção é a mesma ou até maior em certos pontos. Reparem nas cores, Kim está de preto, ilustrando seu estado de espírito, sua fase sombria. O roxo está sempre em evidência, que significa "morte", enfim. Somos privilegiados por ter acompanhado a melhor série e o melhor spin-off de todos os tempos.


Postar um comentário

2 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.
  1. Fiquei chateado com a morte do Nacho, achei que ele ia fugir ou algo assim.

    ResponderExcluir
  2. Baita episódio, de roer as unhas haha !!!!

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!