Better Call Saul: "Plan and Execution" 6x07


Faltam dois.

Nunca estamos preparados para a morte, essa é a verdade. Vivemos como se nunca fôssemos morrer, e mesmo as mortes esperadas são muito dolorosas. É parecido com o que acompanhamos em Better Call Saul, série que já sabemos quem não vai morrer e especulamos a morte de personagens que não foram vistos em Breaking Bad, e eles estão indo embora, um a um.

Foi assim com Nacho, personagem muito importante desde o início da série, e agora com Howard. Nacho era um criminoso, apesar de bom coração, sua morte foi até natural. Agora, Howard...? Sim, ele era um mala sem alça, chato, pegou no pé de Jimmy, entre outras coisas, mas não merecia morrer. Foi triste e doloroso, ainda mais após jogar muitas verdades na cara de Jimmy e Kim em seu momento final, após fazer um esboço de sua vida e seus conflitos interpessoais.

E essa trama veio se desenvolvendo desde o início da temporada. Muitos acharam chato e até desnecessário passar grande parte dos últimos episódios da série com foco na vingança de Saul e Kim, mas mais uma vez quem confiou nos produtores saiu satisfeito, pois eles chegaram em um ponto que amarrou toda a trama, os dois lados da série, deu desfecho ao personagem Howard (tinha que ter mesmo), trouxe Lalo de volta e ainda nos deu grandes momentos que farão-nos especular o que virá pela frente na série.

Tristemente espetacular.

De novo, tal como foi em Breaking Bad, eles são mestres em fazer-nos "torcer" pelo lado errado da história. Os trambiques de Saul fazem parte da parte cômica desse universo e serve, na maioria das vezes, para entreter. E sim, caso Howard não tivesse morrido, estaríamos com os olhos fechados, dando risadas para as ações do casal, mas agora é jogado na nossa cara o tamanho da covardia que eles fizeram (apesar que não foram culpados pela morte dele diretamente). 

Howard passava por muitos problemas, dívidas, conflito com sua esposa, e queria paz. Buscava ajuda com psicólogo, mas... perdeu a luta e a vida, apesar de ter deixado marcas no rosto de Saul.

Lalo entra de vez na vida de Saul, e entra definitivamente na temporada. Ele não tinha o que fazer, óbvio que ia matar Howard, não poderia deixá-lo ir embora simplesmente. Lalo volta para a cidade e sabe que seus passos seriam muito bem vigiados, e segue seu plano pelo esgoto, incrivelmente, fora dos olhos de Gus. E ainda dá um jeito de mexer com a vigilância de Gus para poder ir encontrar Saul e Kim.

Ele age como um lobo solitário, enfrentando um batalhão sozinho, sem ajuda, apenas com sua perspicácia. "Apenas" é modo de falar, porque já demostrou ser um dos personagens mais bad ass de todo esse universo e vai dar muito trabalho para Gus. Seu objetivo é claro, mas como irá chegar até ele é um mistério, ainda mais que irá, agora, usar o casal de advogados para isso. 

O episódio foi extremamente bem construído e desenvolvido, mostrando os lados separadamente e depois unindo numa forma fantástica. O plano de Saul foi perfeito, executado de forma perfeita, temos que dar os parabéns. Ninguém acreditaria mesmo em Howard e ele falou toda a verdade para Cliff e mesmo assim, não conseguiu se safar. E vai ficar por isso mesmo, coitado, Howard morre ainda com fama de drogado e de louco.

Faltam dois, dois personagens, que ainda estão vivos e que não foram vistos em Breaking Bad: Lalo e Kim. Lalo vai morrer, com certeza, vão montar uma morte dolorosa e humilhante para ele, dos mesmos moldes de Todd por Jesse em Breaking Bad. Quem vai matá-lo? Kim? Ainda é uma incógnita e eu espero ser surpreendido, pois o que se desenha é óbvio: Kim usando o desaparecedor após toda essa confusão e provavelmente por causa de Lalo.

Se Kim matar Lalo, terá mesmo que fugir, pois o cartel ficará inteiro atrás dela. Mas Saul não sairia ileso caso isso acontecesse, e sabemos que Saul, quatro anos após atuais momentos, é apresentando em Breaking Bad livre, leve, solto e sem vergonha, visto até assediando sua própria funcionária, Franscesca.

O cartel também inicia Breaking Bad em paz com Gus, mas agora estão em guerra. Isso é mais um indício que Gus se safará após essa batalha com Lalo e provavelmente Kim será a ponta solta que irá resolver isso.

É aguardar, e dessa vez será mais doloroso, próximo episódio só daqui a sete semanas.  


  

Postar um comentário

7 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.
  1. Foi fantástico,mais uma vez os produtores nos entregaram o melhor, de forma surpreendente e com todas as amarras possíveis para trama. Guardada as devidas proporções, esse episódio me trouxe a mesma reação de perplexidade que o episódio de Breaking Bad, no qual o Hank descobre no banheiro, que o Walter White é o Heisenberg. Salvo o engano, o episódio em questão, de Breaking Bad, também era o que antecedia a última parte da temporada final. Coincidência? Prefiro acreditar na capacidade dos produtores de nos surpreender.

    ResponderExcluir
  2. Por que tanta certeza ao dizer que Lalo vai morrer como Todd morreu pelas mãos de Jesse? Outra: afirmaram que iam aparecer Walter e Jesse nesse episódio. E mais: três semanas pro próximo episódio? Não sabia que 11 de julho era daqui 3 semanas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi uma certeza. Foi uma suposição. Certeza é só q morte do Lalo.

      Excluir
  3. Chocante! Não imaginei que o Howard iria morrer, mesmo não aparecendo em BB, e acho que não merecia coitado, mas valeu pelo choque que a cena causou !!!

    ResponderExcluir
  4. E Mesa Verde, heim? Nem foi mencionado nessa primeira metade.
    Tô curioso pra saber o destino do banco. Mesa verde deve ser o mesmo Mesa Credit Union onde Walter faz empréstimo pra comprar o trailler, não?

    ResponderExcluir
  5. Assistir Better Call Saul é como dançar valsa na beira de um precipício.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!