Breaking Bad: "Gray Matter" 1x05 [Review Retrô]

Exibição: 24 de Fevereiro de 2008
Roteiro: Vince Gilligan
Direção: Jim McKay


Uma verdadeira série de comédia

Impressionante como a primeira temporada de Breaking Bad é extremamente engraçada, mesmo com pano de fundo com temas pesados. E essa perspectiva é clara, principalmente quando revemos Ba série. Quando assistirmos pela primeira vez, não atentamos a esses pontos, pois estamos ansiosos com a trama e louco pra sabermos o que vai acontecer. Revendo, prestamos mais atenção aos detalhes, desfrutamos mais, principalmente nessa temporada de estreia, tida por muitos a pior (ou menos melhor) da série. Não é mesmo.

De cara vêmos Jesse todo engomadinho procurando emprego de vendedor e sendo trolado por seu contratante. Badger aparece como "Homem Placa", cheio de entusiasmos e brincadeiras. Claro, não aceitam o "emprego" e logo Jesse tem ideia de voltar a cozinhar com Badger de ajudante, claro, Walter relutava em voltar a produzir.

As cenas dessa dupla são hilárias, com eles brigando dentro do trailer, Badger fazendo helicóptero em Jesse, quebrando tudo... Simplesmente (ou não) porque Jesse estava rigoroso com a nova produção de metanfetamina. Sem contar que Jesse pôs Badger pra fora do trailer e deixou ele comendo poeira, enquanto ele achava que ia parar o veículo com um arco e flexas.

Pro lado de Walter, também tivemos muitas risadas, mesmo com o tema pesado de sua doença preponderando. 

Walter não queria voltar a cozinhar, porém precisava de dinheiro. Primeiramente ele queria juntar dinheiro, deixar para sua família e morrer em paz, mas viu que poderia morrer bem antes disso pelos perrengues que já passou no início da história. Mas Skyler insiste em força-lo a fazer o tratamento contra o câncer, jogando seu ex-sócio e sua ex-namorada na jogada. Podres de rico, bancariam tudo, mas claro que o orgulho de Walter não ia deixar.

Até esse momento não tínhamos total ciência da história do trio Walter/Gretchen/Elliott, mas deu pra ver que tem rusgas antigas entre eles e que Walter se sentiu prejudicado financeiramente com o passado deles, fato que explica a não aceitação do dinheiro para seu tratamento.

Ficou, então, pressioando, "tendo" que voltar a cozinhar e indo atrás de Jesse. Claro, precisa de dinheiro para o tratamento e não será de Gretchen, ao contrário que Slyler pensará. Mas antes, votamos à comédia:


Extremamentre hilário a reunião familiar, conhecida como a "reunião da almofada". Começou bem, todo mundo respeitando, mas foi só uma opinião diversa à de Skyler para o parquinho pegar fogo. Walter Junior mandou a real para seu pai, Skyler quis impor seu pensamento, Hank ficou em cima do muro e Marie resolveu chutar o balde e deixa Walter fazer o que quisesse de sua vida.

Muito, uma cena muita engraçada, com Hank querendo voltar a falar (pedindo a almofada de volta) enquanto Walter resolve acabar com a discussão, tomando, literalmente, a palavra e a almofada pra si. Uma cena pra chorar de rir, sem falar que antes, Hank descobrira que o verdadeiro "maconheiro" da família era o próprio Walter.

Estruturalmente, o episódio deu liga aos fatos que vão fazer Walter e Jesse definivamente voltar a traficar, com exemplos coesos que amarram muito bem o roteiro. Além, é claro, de inserir dois importantes pesonagens que não vão aparcerr muito na série mas que tem papel  importante até o fim dessa saga. E fizeram tudo isso com um episódio  extremamente engraçado, talvez o mais engraçado da episódio série. 

Eles são mesmo geniais. 

Comentários