Easter Eggs e Curiosidades de Breaking Bad "Crazy Handful of Nothin" 1x06 [Retrô]


Easter Eggs e Curiosidades do sexto episódio de Breaking Bad, "Crazy Handful of Nothin" 1x06", d
ando continuidade à coluna "Retrô", vamos aos momentos que passaram desapercebidos desse episódio.

Leia antes: Breaking Bad 1x06 "Crazy Handful of Nothin" 1x06" [Review]

— O título do episódio é uma referência a uma citação do filme "Cool Hand Luke" (Rebeldia indomável) de 1967. No contexto do episódio em si, é uma referência ao blefe de pôquer de Walt, bem como seu punhado de explosivo químico na cena final com Tuco.

— Neste episódio, vemos o nascimento do pseudônimo de Walt, " Heisenberg ". O nome é uma referência a Werner Heisenberg , um físico teórico alemão. Como o próprio Walt, Heisenberg era um professor que foi diagnosticado com câncer. Hoje, Heisenberg é conhecido principalmente por seu " princípio da incerteza ".


— Durante o jogo de pôquer, Walt blefando para vencer Hank prenuncia o quão bom Walt é mentindo e como Hank foi incapaz de suspeitar de Walt durante toda a série.



— Há algumas cenas neste episódio em que Bryan Cranston usa uma peruca. Um exemplo é a cena em que Hank investiga o armazenamento de produtos químicos na escola onde Walter lecciona. Cranston estava realmente usando uma peruca durante aquela cena porque algumas cenas foram filmadas depois que ele raspou a cabeça.



— A cena em que Walter está de pé no banheiro depois de vomitar foi na verdade tirada de uma cena em que Walter está se masturbando após a visita de um médico (a cena real nunca foi mostrada).


— Em uma entrevista de 2018 para o "The Rich Eisen Show", Matt L. Jones revelou que Badger originalmente seria o único a apresentar Jesse a Tuco. No entanto, os escritores mais tarde reescreveram Skinny Pete para esse papel, pois sentiram que um personagem como Badger seria altamente improvável de se associar a alguém como Tuco.

— A " metanfetamina " que o ator de Tuco, Raymond Cruz, cheira, na verdade era açúcar.


— A explosão no esconderijo de Tuco foi replicada em um episódio especial de "Mythbusters" , estrelado por Vince Gilligan e Aaron Paul . A equipe Mythbusters declarou que o fulminato de mercúrio aparece como um pó grosso e amarelado; não se assemelha a metanfetamina de cristal o suficiente para que Tuco ou seus homens a confundissem.

— Embora o fulminato de mercúrio seja instável e altamente sensível ao atrito, calor, eletricidade ou impacto, um homem não pode jogar 50g em um piso de madeira com força suficiente para detoná-lo.

— A explosão certamente feriria Walt mais do que qualquer outra pessoa na sala; e a maior quantidade (250g) que a equipe usou não apenas explodiria as janelas e paredes, mas também teria matado todos na sala.

— No meio do episódio, há uma cena que mostra Jesse vendendo metanfetamina em vários lugares. Estes são alguns dos lugares mostrados em ordem. 
Músicas do episódio:

— "It is a Good Night" por The Charlie Steinmann Orchestra and Choir (letra Paul Rothmann) (durante a montagem onde Jesse vende metanfetamina a noite toda)

— "Pa La Playa" de That Click Gang (tocando do lado de fora da casa de Tuco antes de Jesse e Skinny Pete conhecê-lo)

— "Rompo" de Max One (enquanto Jesse e Skinny Pete encontram Tuco em seu escritório)
"Suntan Lotion" de Bearnie Leadon (durante o jogo de pôquer)

— "Follicles" de Dave Porter (enquanto Walt examina seu cabelo ralo e se prepara para raspar a cabeça)
"Los Pistoleros" de Jonaty Garcia (ao fundo quando Walt vai ver Tuco)

— "Catch Yer Own Train" de The Silver Seas (enquanto Walt se afasta da casa de Tuco)


Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.