Easter Eggs e Curiosidades de Better Call Saul: "Breaking Bad" 6x11


Vamos aos Easter Eggs e Curiosidades de "Breaking Bad", décimo primeiro episódio da sexta e última temporada de Better Call Saul e o sexagésimo primeiro episódio da série. 

Leia antes: Review Better Call Saul: "Breaking Bad" 6x11

— Episódio com direção e roteiro de Thomas Schnauz, um dos principais produtores de Breaking Bad e Better Call Saul. Como roteirista, escreveu sete episódios de Breaking Bad e treze de Better Call Saul. Como diretor, dirigiu o episódio "Say My Name" de Breaking Bad e sete episódios de Better Call Saul.

— O título deste episódio, "Breaking Bad", obviamente é uma referência ao predecessor de Better Call Saul de mesmo nome, no qual Saul Goodman foi apresentado.

— Este título também é um aceno de como Breaking Bad teve um episódio chamado "Better Call Saul". Os dois programas têm nomes de episódios que compartilham o nome do programa oposto.

— Este é o primeiro episódio de Better Call Saul a apresentar uma participação especial dos personagens de Breaking Bad Walter White e Jesse Pinkman .

— Todo o crédito para a escolha do nome vai para o produtor Jenn Carroll. Ele mandou um e-mail para Thomas Schnauz com o título "Breaking Bad" e ele aceitou na mesma hora.

— Os eventos na linha do tempo do Gene começam em 12 de novembro de 2010 e terminam em 5 de dezembro de 2010.

— Os flashbacks do trailer ocorrem em 4 de dezembro de 2008, enquanto a cena com Saul visitando o trabalho de Walter ocorre em 5 de dezembro de 2008. Isso significa que os flashbacks do episódio ocorrem exatamente dois anos antes do final do episódio.

— Os inquilinos de Francesca estão assistindo "As Aventuras de Jackie Chan" (2000)

— Há um erro de continuidade: no apartamento dos inquilinos de Francesca, há um estojo Guitar Hero Live visível em cima de um armário de cozinha. A linha do tempo de Gene Takovic acontece em 2010, mas o Guitar Hero Live estreou em 2015.

— Gene brinca com seus novos parceiros criminosos sobre ter sido enterrado em uma tempestade de areia por mil anos, uma alusão ao poema "Ozymandias" que deu o título ao episódio mais famoso de Breaking Bad, "Ozymandias" 5x14, além de Hank e Gomez terem sido enterrados lá.

— Depois que Saul se tornou oficialmente o advogado de Walt e Jesse no deserto e ele entra novamente no trailer e começa a mexer com um frasco fervente de fundo redondo. 

Do mesmo tipo que Walt apresentou a Jesse como a 'peça de resistência', que se aplica calor, quando iniciaram a parceria no primeiro episódio da série.

— O roteirista/diretor deste episódio, Thomas Schnauz, também tem uma participação especial: na montagem que mostra vários cartões de crédito e carteiras de motorista, seu rosto pode ser visto em uma licença pertencente a "Carl Haven".

— Um dos documentos de Alfred mostra que ele tem dinheiro investido na "Cherkis Investments", uma empresa com o nome de uma das roteiristas de "Better Call Saul", Ann Cherkis.

— Quando Saul entra no 'navio de cristal', ele diz: "Isso é como o road show itinerante de James Whale", referindo-se ao diretor James Whale, que dirigiu filmes de terror com elaboradas configurações de laboratório, como em "Frankenstein" e "A Noiva de Frankenstein". ." 

— Também neste episódio, Saul compara o irritado e desajeitado Mike em seu escritório "Frankenstein" e Jesse a Igor, o assistente do Dr. Bolton Frankenstein. O próprio Saul adota o apelido de "Viktor" enquanto engana nos bares como Gene.

— Enquanto Walt e Jesse estão discutindo, Saul os compara aos Bickersons. Esta é uma referência a um programa de rádio popular de 1946-1951, bem como várias encarnações de TV no início dos anos 1950, apresentando um casal que (como o nome sugere) brigava constantemente.

— Kim Wexler se mudou para Titusville, Flórida, depois de deixar Jimmy em "Fun and Games". Em "Confession" - Breaking Bad, Jimmy como Saul sugere a Flórida como destino para a nova vida de Jesse. Kim agora trabalha em uma empresa chamada Palm Coast Sprinklers.

— O destino de vários personagens pós Breaking Bad é revelado por Francesca:

  • A morte de Walter White não mudou nada e, na verdade, piorou as coisas para o restante dos traficantes de baixo nível ligados ao seu império das drogas.
  • Skyler White chegou a um acordo judicial com os promotores federais como Walt pretendia em "Felina". Isso significa que os corpos de Hank Schrader e Steven Gomez foram encontrados, já que Walt havia dado a localização deles para sua esposa para ela usar como "delação premiada".
  • O carro de Jesse Pinkman foi encontrado perto da fronteira, conforme planejado por Badger e Skinny Pete em El Camino, o que foi útil na fuga bem-sucedida de Jesse para o Alasca. A polícia ainda está procurando por Jesse, já que ele e Jimmy são os últimos cúmplices de Walt a serem perseguidos.
  • Todos os bens de Jimmy foram apreendidos, deixando-o apenas com os pertences que levou consigo para Omaha, que ainda é muito dinheiro, além da caixinha com diamantes.
  • Huell Babineaux retornou a Nova Orleans. Fim de um meme.
  • Lydia Rodarte-Quayle não é mencionada, mas está implícita como morta, pois Francesca diz que Jesse e Saul são os únicos alvos restantes procurados pelo DEA. Uma reportagem em "El Camino" mencionou que não se esperava que ela sobrevivesse ao envenenamento.
  • Bill Oakley abriu um escritório particular como advogado de defesa. Sua foto em um banco no parque proclama que ele agora faz parte da "William Oakley & Associates". Tem até web site real www.oakley4defenselaw.com
  • Por fim, a própria Francesca ainda está sendo alvo das autoridades, sendo seguida, embora apenas um esforço para encontrar Jimmy.
  • O paradeiro de alguns personagens, ou seja, Patrick Kuby e Ira, são deixados desconhecidos como a própria Francesca mencionou, não sabendo sobre Kuby e apenas dando uma resposta sarcástica a Gene quando perguntada sobre Ira.
  • Gene pergunta sobre "Danny", que Thomas Schnauz confirmou pertencer a Daniel Wormald, um personagem de temporadas anteriores de Better Call Saul; seu status também é desconhecido.

— Uma montagem usa uma versão musical demo de "Tapioca Tundra" por The Monkees, que são um dos atos musicais favoritos de Schnauz. Essa música apareceu anteriormente em "Say My Name", que também foi por Schnauz. 


 — A música que Gene /Saul/Jimmy, está cantando no bar Karaokê é "Brandy, (Your're a Fine Girl)", da banda de rock americana Looking Glass , lançada em 1972.


— Pra fechar, vídeo do gatinho que apareceu no episódio.

Postar um comentário

2 Comentários
* Por favor, não spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.
  1. O final do episódio com as cenas do Saul indo a escola e voltando a casa para roubar mostram onde ele tomou as decisões da sua "derrocada", primeiro como Saul e agora como Gene.

    ResponderExcluir
  2. Parabens pelo conteudo de voces ! Excelente. Eu gostaria de compartilhar alguns trechos que peguei de BCS e BB que podem indicar que Kim está por trás das tramas de Breaking Bad. Primeiro, que uma quiropraxista vietnamita de nome Kim Nu Suong é mencionada por Saul no ep 305 de BB (Más). Em BCS, Saul fala da quiropraxista de novo no ep 611 para Walt e Jesse e diz q ela sempre cuida de tudo (nao do corpo, mas de todos os negocios dele). A vietnamita é mencionada no EP 604, como uma recepcionista que almoca com Saul, onde o investigador falso do Howard mostra as fotos somente do Saul e Kim nao aparece. E em ingles, quando ele fala Kim Nu Suong soa muito parecido como Kim Nail Salon, que seria onde ele sempre lava o dinheiro. Além disso, Kim solta uma referencia de Taco Cabeza, onde Jesse distribuia a metafetamina, pode ser que ela já encontrou ele. Eu fiz um video bem tosco com esses detalhes para expor essa ideia que ainda nao vi ninguem falar https://www.youtube.com/watch?v=P67TYXBoRc4&t=3s

    ResponderExcluir

Obrigado pelo seu comentário!